Covid-19: teste de medicina tradicional chinesa para o vírus foi bem-sucedido, indicam autoridades de saúde

As autoridades de saúde paquistanesas anunciaram esta segunda-feira a conclusão de um estudo clínico bem-sucedido de fitoterapia tradicional chinesa para o tratamento da covid-19, isto numa altura em que o país do sul da Ásia entra na quinta onda da pandemia da Covid-19 impulsionada pela variante Ómicron.

O medicamento chinês, Jinhua Qinggan Granules (JHQG), fabricado pela farmacêutica Juxiechang (Pequim) Co Ltd, já está a ser usado no tratamento de pacientes com a Covid-19 na China. “Como foi testado em pacientes com diferentes variantes da Covid-19, esperamos que seja eficaz com a Ómicron como em outras variantes”, referiu Iqbal Chaudhry, diretor do Centro Internacional de Ciências Químicas e Biológicas (ICCBS), do Paquistão, onde os ensaios foram conduzidos.

Os ensaios foram conduzidos em 300 pacientes que foram tratados em casa com casos leves a moderados da Covid-19, segundo revelou Raza Shah, investigador principal dos ensaios, acrescentando que a taxa de eficácia foi de cerca de 82,67%. Os ensaios foram aprovados pela Autoridade Reguladora de Medicamentos do Paquistão.



Comentários
Loading...