Covid-19: Ritmo de imunização deve ser acelerado para evitar uma “pandemia de não vacinados”, alerta Von der Leyen

O ritmo da vacinação contra a Covid-19 deve ser acelerado para evitar “uma pandemia de não vacinados”, alertou a presidente-executiva da União Europeia (UE), Ursula von der Leyen, esta quarta-feira, no segundo discurso sobre o ‘Estado da União’ .

No final de agosto, 70% da população adulta nos 27 países da UE tinha sido totalmente vacinada contra a Covid-19. Isso representou um marco após um início lento, mas também mascarou grandes diferenças entre os países do bloco.

Ao anunciar uma nova doação de mais 200 milhões de doses de vacinas até meados do próximo ano para países de baixos rendimentos,  von der Leyen disse estar preocupada com as taxas variáveis ​​de vacinação na UE.

“Vamos fazer todo o possível (para) que isso não se transforme numa pandemia de não vacinados”, disse aos legisladores da UE em Estrasburgo, França. E acrescentou: 19 economias da UE vão recuperar o seu tamanho pré-pandemia este ano, com as outras no próximo ano.

A presidente da Comissão colocou também o combate às alterações climáticas no topo da sua agenda, com passos ousados ​​para a UE alcançar a neutralidade climática até 2050, em conjunto com uma transformação digital da sua economia.

Von der Leyen comprometeu-se a aumentar o apoio financeiro para ajudar os países mais pobres a lutar contra as alterações climáticas e a adaptar-se aos seus impactos com mais 4 mil milhões de euros até 2027, apelando aos Estados Unidos que façam mais da mesma forma.

“Esperamos que os Estados Unidos e os nossos parceiros também deêm um passo à frente. Isso é vital, porque fechar a lacuna de financiamento climático juntos, seria um forte sinal para a liderança climática global”, afirmou.

Espera-se que o financiamento climático seja uma questão decisiva na cimeira da COP26 das Nações Unidas em novembro, onde os líderes mundiais tentarão desbloquear compromissos para reduzir as emissões mais rapidamente e evitar mudanças climáticas catastróficas.

Ler Mais


Comentários
Loading...