Covid-19: Portugal deve atingir pico no final de janeiro com 100 mil casos diários, estimam especialistas

Especialistas do Instituto Superior Técnico estimam que Portugal registe um novo pico da pandemia de Covid-19 entre 20 e 24 de janeiro, com cerca de 100 mil infeções diárias.

As previsões foram divulgadas pelo comentador da ‘SIC’ Luís Marques Mendes, no seu habitual espaço de comentário de domingo à noite.

De acordo com as mesmas estimativas, estão ainda previstos 2.200 internamentos em enfermaria no mesmo período, bem como 225 internamentos em unidades de cuidados intensivos.

Quanto aos óbitos, os especialistas do Técnico estimam que se venham a registar entre 25 a 30 por dia no mesmo período, um cenário que apesar de ser grave não é comparável a janeiro de 2020, segundo Marques Mendes.

Ainda assim, o responsável sublinha que é necessário prestar atenção à evolução da pandemia, apontando que a solução neste momento passa por três questões essenciais: comunicação, manutenção das medidas em vigor e vacinação.

Os números surgem numa altura em que o Governo se reúne virtualmente com especialistas e peritos, na próxima quarta-feira, para determinar a necessidade de implementar novas medidas de combate à crise de saúde pública.

Uma das medidas apontadas pelos peritos é o prolongamento das férias escolares para além de 9 de janeiro, no entanto, o Governo já veio garantir que isso está fora de questão.

“Penso que essa medida não está garantidamente sobre a mesa. E, portanto, as aulas começam no dia 10 de janeiro para as crianças, porque essa é uma medida fundamental para a saúde física, mental, social e psicológica das nossas crianças”, afirmou o hoje o secretário de estado adjunto e da saúde, António Lacerda Sales.

Salientando que não há alterações de medidas previstas, o governante referiu, no entanto, que posteriormente, de acordo com a evolução epidemiológica, o Conselho de Ministros que acontece no dia seguinte à reunião, quinta-feira, avaliará a situação.

Ler Mais


Comentários
Loading...