Covid-19: Novo anticorpo permite neutralizar as várias variantes do coronavírus

Cientistas do Hospital Universitário de Lausana e da Escola Politécnica Federal de Lausana, na Suíça, descobriram um anticorpo monoclonal muito potente que tem como alvo a proteína spike do SARS-CoV-2 e é eficaz na neutralização de todas as variantes de interesse identificadas até ao momento, incluindo a Delta. O anticorpo, que foi publicado na revista ‘Cell Reports’, foi isolado de linfócitos de pacientes Covid-19 inscritos no estudo ‘ImmunoCoV’, realizado pelo Serviço de Imunologia e Alergia do Hospital Universitário de Lausana.

A ação do anticorpo, que se liga a uma área não sujeita a mutações da proteína spike, permite o bloqueio da ligação da proteína às células recetoras ACE2, usadas pelo vírus para entrar e infetar as células pulmonares. O que quer dizer que o anticorpo interrompe o processo de multiplicação viral, permitindo que o sistema imunológico do paciente elimine o SARS-CoV-2 do corpo.

Além das propriedades antivirais, o novo anticorpo foi desenvolvido para ter um efeito duradouro em humanos – pode proteger os pacientes por entre 4 e 6 meses, podendo tornar-se uma alternativa terapêutica para, por exemplo, pacientes imunossuprimidos, recetores de transplantes de órgãos ou doentes oncológicos, que poderão receber injeções de anticorpos duas a três vezes por ano. Os ensaios clínicos da nova droga deverão começar no final de 2022.



Comentários
Loading...