Covid-19: estudo sobre quatro potenciais eventos adversos após a vacinação da Pfizer vai ser publicado em breve, refere organismo de saúde

A Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos, preparam-se para publicar um estudo sobre um conjunto de dados que identificou quatro possíveis problemas em idosos após a vacinação contra a Covid-19 – em julho de 2021, o organismo regulador americano anunciou que a vigilância quase em tempo real detetou quatro potenciais eventos adversos de interesse. Desde então, a FDA não deu qualquer atualização sobre o assunto mas recentemente um porta-voz assumiu que deve ser publicado em breve um estudo sobre vigilância.

“A revisão dos registos médicos e as análises estatísticas foram concluídas recentemente, e os resultados gerais do estudo estão atualmente sob revisão interna da FDA”, apontou o porta-voz à publicação ‘Epoch Times’: “O resultado do estudo será libertado para o final deste outono”, revelou.

A FDA tem usado rotineiramente métodos de triagem para monitorizar a segurança das vacinas contra a Covid-19 e avaliar potenciais eventos adversos de interesse. Um desses métodos, chamado de vigilância quase em tempo real, detetou quatro potenciais eventos no banco de dados de solicitações de assistência médica do Medicare em pessoas com 65 ou mais anos que receberam a vacina da Pfizer. Os eventos são coagulação sanguínea nos pulmões, oxigénio insuficiente para o coração, níveis baixos de plaquetas no sangue e coagulação intravascular disseminada.

“Esses quatro eventos podem não ser verdadeiras preocupações de segurança e o método de triagem não pode estabelecer que a vacina seja responsável. A FDA está a partilhar as descobertas iniciais deste estudo de segurança no espírito de transparência, mas não acredita que haja motivo para preocupação”, explicou, na altura, a FDA. “A FDA continua a monitorizar de perto a segurança das vacinas contra a Covid-19 e vai investigar estas descobertas realizando estudos epidemiológicos mais rigorosos.”

Os eventos adversos não foram identificados para os recetores das outras duas vacinas disponíveis na época, nem foram identificados em dois outros sistemas de vigilância.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.