Covid-19. DGS atualiza norma: Pais já podem entrar nas creches para deixar ou ir buscar os filhos

A Direção Geral da Saúde (DGS) atualizou a norma sobre medidas gerais para creches e amas, esclarecendo que a partir de agora, os pais já podem entrar nesses espaços para ir pôr ou buscar os filhos, ao contrário do que acontecia até então.

“No acesso às instalações do encarregado de educação ou pessoa por ele designado na entrega/receção da criança ou de outras pessoas devidamente habilitadas (ex. fornecedores de bens e serviços), deverá respeitar-se o distanciamento físico, evitar-se aglomerados e está recomendada a utilização de máscara facial”, lê-se na orientação publicada.

O organismo sublinha ainda, noutra medida, que “no caso das creches em que as crianças não tenham a locomoção adquirida e necessitem de estar em berços, espreguiçadeiras, ou outro equipamento de conforto para o efeito, deverá garantir-se a existência de um equipamento por criança, e esta deverá utilizar sempre o mesmo”.

“Caso não seja possível, deve ser realizada a adequada limpeza e desinfeção das superfícies entre cada utilização, com produtos adequados, de acordo com a Orientação n.º 014/2020 da DGS”, acrescenta.

Para além disso, “deve ser assegurada, sempre que possível, uma boa ventilação dos espaços, preferencialmente com ventilação natural, através da abertura de portas ou janelas. Pode também ser utilizada ventilação mecânica de ar (sistema AVAC – Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado)”, refere a autoridade sanitária.

“Nestes casos deve ser garantida a limpeza e manutenção adequada, de acordo com as recomendações do fabricante, e a renovação do ar dos espaços fechados, por arejamento frequente e/ou pelos próprios sistemas de ventilação mecânica (quando esta funcionalidade esteja disponível”, adianta.

Para a DGS importa também “maximizar o distanciamento físico entre as crianças quando estão em mesas, berços e/ou espreguiçadeiras” e “organizar as crianças e funcionários em salas fixas (a cada funcionário deve corresponder apenas um grupo)”, reitera, adiantando ainda que devem ser organizados horários e circuitos de forma a minimizar o cruzamento entre pessoas”.

Ler Mais


Comentários
Loading...