China pronta para “parceria mais estreita” com a Rússia na energia

A China está pronta para “uma parceria mais estreita” com a Rússia na energia, disse o Presidente chinês, Xi Jinping, numa carta citada hoje por uma agência de notícias estatal.

“A cooperação energética é uma pedra angular importante da cooperação prática entre a China e a Rússia” e a China “está pronta a trabalhar com a Rússia para forjar uma parceria mais estreita na cooperação energética”, refere a agência de notícias oficial Xinhua.

A agência refere que Xi Jinping fez o comentário numa carta endereçada ao 4.º Fórum de Negócios de Energia China-Rússia.

A China é um dos maiores clientes do petróleo e do gás russos e as compras mais do que duplicaram no espaço de um ano, até outubro, para 10,2 mil milhões de dólares, à medida que os importadores chineses aproveitaram os descontos oferecidos por Moscovo.

Isto depois de a Europa, os Estados Unidos e Japão terem cortado as compras de energia russa e expulsado o país do sistema bancário global em retaliação pela guerra, desencadeada pela Rússia na Ucrânia a 24 de fevereiro, e que ainda perdura.

As relações entre Pequim e Moscovo têm-se fortalecido desde a década de 1990, sobretudo para tentar um contraponto ao domínio dos EUA nos assuntos globais.

Ler Mais



loading...
Notícias relacionadas