Chegada de imigrantes ao Sul de Portugal não para de aumentar (mesmo em plena pandemia)

Continuam a chegar imigrantes estrangeiros a Portugal, mais concretamente à região Sul, uma tendência que nem a pandemia conseguiu travar, de acordo com a investigadora, Alexandra Pereira, que se tem dedicado a este tema no nosso país.

Em declarações à ‘Antena1’, a responsável revela que “mesmo durante a pandemia, continuaram a chegar a Portugal trabalhadores, sempre que as fronteiras estavam abertas”.

“Houve um êxodo grande, da cidade de Lisboa, por exemplo, onde não havia emprego e muitos negócios fecharam, para a agricultura nas zonas rurais” do Sul do país, adianta ainda a responsável, citada pela estação.

Alexandra Pereira participou num estudo do ISCTE, entre 2017 e 2019 sobre a comunidade nepalesa a trabalhar na agricultura no Alentejo e no Algarve, tendo estado em zonas como Zambujeira do Mar, Almograve, São Teotónio, Beja, Faro e Tavira.

Na sequência desse estudo foram realizadas entrevistas a trabalhadores, com o objetivo de encontrar soluções, no entanto, a responsável diz que apenas aconteceu uma reunião no Algarve, com a presença de diversas entidades, em que “as sugestões nunca saíram do papel”.

Sugestões essas que passavam, explica, por “alojamentos com condições mas fora das quintas e acordos multilaterais entre o país de origem e o país de destino, precisamente para cortar essas redes intermediárias, que operam ilegalmente” e muitas vezes “ao nível do tráfico humano”.

Ler Mais



loading...
Notícias relacionadas