Cansaço durante a pré-menopausa? Saiba aqui como combater este sintoma

Todas conhecemos a menopausa. Muito se discute e fala sobre esta fase da vida das mulheres. Sabemos quais são os principais sintomas e questões que todas as mulheres têm que enfrentar a partir de uma certa idade. Por outro lado, no entanto, o período que antecede a menopausa parece ser menos conhecido por todos. No entanto este deve igualmente “exigir” a nossa atenção.

A pré-menopausa (como é conhecida esta fase) corresponde à transição do período reprodutivo para o não-reprodutivo. Geralmente começa 10 anos antes da menopausa e tem o seu início depois dos 40 anos (habitualmente entre os 42-45 anos de idade). As mudanças hormonais no corpo da mulher começam a manifestar-se, verifica-se a diminuição das hormonas sexuais femininas, e sentem-se os primeiros sintomas associados à menopausa.

Durante este período – que se pode caracterizar pela existência abrupta de alterações de humor, por uma menstruação mais irregular, por ondas de calor e suores noturnos – é natural que um dos sintomas principais seja uma maior sensação de cansaço. Para muitas mulheres esta transição é complicada, sendo sobretudo difícil gerir os diversos picos de energia e a sensação de fatiga extrema que pode surgir a qualquer momento.

Existem algumas estratégias que pode adotar para combater esta situação, procurando sempre recuperar o máximo de energia possível e não se deixando degastar pela pré-menopausa. Eis algumas destas principais dicas que deve conhecer.

  1. Dormir bem

Descansar bem é absolutamente fundamental para uma correta recuperação do corpo. Esta é a melhor forma de reduzir a sensação de cansaço e aumentar a energia para o resto do dia.

Para além das 7 a 8 horas de sono diárias recomendadas é igualmente importante que procure criar uma rotina estável para as suas noites de sono. Habituarmo-nos a deitar e a acordar sempre à mesma hora irá facilitar que o nosso “relógio interno” funcione perfeitamente, contribuindo para uma noite sem sobressaltos e para uma maior qualidade do sono.

Evite ainda usar dispositivos eletrónicos na cama e beber café antes de se deitar de forma a aumentar consideravelmente o seu período de sono profundo.

  1. Disfrutar do tempo livre

Por vezes, entre as obrigações com o emprego e com a família, pode restar pouco tempo para saborear a vida. Os dias facilmente se transformam num “comboio” que segue a alta-velocidade. Sem nos darmos conta acabamos por não conseguir aproveitar bem a vida e a companhia daqueles que nos são mais queridos.

Sobretudo ao fim-de-semana, quando porventura terá mais tempo livre, tente ao máximo não se sobrecarregar com outras tarefas. Aproveite o seu tempo livre para descansar ou para realizar atividades que lhe deem prazer. Leia um livro, vá ao cinema ou dê um passeio.

  1. Fazer exercício físico

Pode parecer contraditório, mas a verdade é que mover-se e exercitar o corpo ajuda a que se sinta menos cansado. Uma vida sedentária apenas irá contribuir para que se sinta com menos energia e com menos disposição para fazer coisas.

Caso não queira inscrever-se num ginásio, saiba que é possível fazer exercício de muitas outras formas. Inclusive caminhar pode ser suficiente para se sentir mais ativa. Experimente frequentar aulas de yoga ou outro tipo de modalidades menos exigentes.

  1. Beber muita água

De uma forma geral, a falta de hidratação contribui para um maior cansaço. É importante que não se esqueça de ir bebendo água ao longo do seu dia de trabalho. Mesmo quando não tem sede, este tipo de hidratação pode inclusive ajudar a evitar que beba outro tipo de bebidas e refrigerantes que não sejam tão saudáveis para si.

  1. Alimentação saudável (e livre de açucares)

Tal como um maior exercício físico, também uma melhor alimentação irá contribuir para que se sinta menos cansado. O consumo certo de frutas, legumes e frutos secos irá fornecer-lhe os nutrientes necessários para que se sinta com mais energia.

Deve evitar alimentos processados, ricos em gorduras e cheios de sal. Em particular, o açúcar deverá ser um ingrediente a evitar. Conhecido por gerar picos de energia, o açúcar, ao ser consumido em demasia, pode na verdade gerar o efeito contrário. Isto acontece porque o organismo é obrigado a trabalhar mais para metabolizar o açúcar, acabando por a deixar mais cansada.



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...