BMW vai investir mil milhões de euros em fábrica na Hungria

A marca bávara anunciou, hoje, que vai construir uma nova unidade de produção em Debrecen, Hungria, para ajudar à expansão da sua produção na Europa. O investimento está orçado em mil milhões de euros!

A nova unidade de produção da BMW terá capacidade para produzir 150 mil unidades por ano e irá gerar mais um milhar de postos de trabalho que vão produzir modelos da marca bávara. Com esta nova fábrica, o parque de produção da BMW passa a contar com 18 unidades, 13 das quais no Velho Continente. Convirá lembrar que a BMW tem no mercado europeu a sua grande força, já que quase metade das vendas do grupo BMW são feitas na Europa. Faz, assim, todo o sentido que o maior número de fábrica e esta nova unidade de produção, estejam no Velho Continente.

Não há, ainda, definição de quais os modelos a fabricar nesta nova localização, mas sabendo-se que o grupo alemão tem fabricas nos EUA e na Ásia, as 150 mil unidades/ano serão canalizadas para satisfazer a procura europeia.

Na ocasião do anúncio, Harald Kruger, o CEO do BMW Group, referiu que “a decisão do BMW Group em construir esta nova fábrica reafirma a nossa perspetiva de crescimento global. Depois de significativos investimentos na China, no México e nos EUA, estava na hora de fortalecer a nossa posição europeia, mantendo desta forma um equilíbrio entre as atividades do grupo na Ásia, América e no nosso continente.”

O CEO do BMW Group refletiu ainda sobre a importância do mercado europeu. “A Europa é o nosso continente e onde temos a maior força de produção. Só em 2018, vamos investir mais de mil milhões de euros nas nossas unidades de produção localizadas na Alemanha, para as melhorar e preparar para a mobilidade elétrica.”

Naturalmente que a fábrica a construir em Debrecen, Hungria, estará já preparada e compatibilizada para a produção de veículos eletrificados e elétricos lado a lado com modelos convencionais. Isso dfoi assegurado pelo responsável pela produção no BMW Group, Oliver Zipse. Ele que referiu na ocasião “É o começo de uma iniciativa que vai tornar cada unidade de produção da BMW numa fábrica capaz de produzir modelos eletrificados, ao passo que a industria mundial for fazendo a mudança para a mobilidade elétrica. Estas alterações vão trazer maior capacidade global á nossa rede produtiva e esta nova unidade vai estabelecer novos padrões de flexibilidade, digitalização e produtividade.” A única coisa que ainda não foi referida é quando arrancam os trabalhos e quando sairá o primeiro carro da nova fábrica húngara.



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...