Bielorrússia “lutará ao lado da Rússia” se Putin for para a guerra, avisa Lukashenko

A Bielorrússia vai lutar ao lado da Rússia se Moscovo invadir a Ucrânia, garantiu esta sexta-feira Alexander Lukashenko, apesar das garantias que o principal diplomata da Rússia deixou em que não havia qualquer intenção de entrar em guerra. O presidente da Bielorrússia frisou que receberia “centenas de milhares” de soldados russos no seu país se a Bielorrússia ou a Rússia forem atacadas.

“Se houver uma agressão contra a Bielorrússia, haverá centenas de milhares de soldados russos. Que, juntamente com centenas de milhares de bielorrussos, defenderão esta terra”, apontou Lukashenko, que alertou que, em caso de conflito, “não haveria vencedores”. “Todos iam perder tudo”, referiu.

Moscovo e Minsk são aliados importantes, com Vladimir Putin a providenciar apoio fundamental a Lukashenko durante os protestos que se seguiram à sua ‘disputada’ reeleição em 2020.



Comentários
Loading...