Benfica inicia esta quinta-feira venda dos Red Pass: veja aqui as condições e valores

O Benfica vai arrancar com a venda dos Red Pass (bilhetes de época) esta quinta-feira, retomando a prática interrompida devido à pandemia da Covid-19. A venda está ativa até ao próximo dia 2 de novembro.

O Red Pass Total abarca todos os jogos, incluindo as competições europeias, e está disponível a partir de 105 euros, e o Red Pass apenas os jogos das competições nacionais, a partir de 70 euros. Estará disponível o pagamento a prestações, no total de três.

No piso 0 do Estádio da Luz, os adeptos encarnados têm opções entre os 85 e 285 euros no caso do Red Pass e entre 120 e 325 euros para os que preferirem o Red Pass Total. Já no piso 3, os preços variam entre 70 e 255 euros (Red Pass) e 105 e 295 euros para o Total. Já na versão Premium, para os pisos 0 e 1, os valores oscilam entre os 285 e 705 euros, conforme a zona do estádio que desejem acompanhar os jogos do Benfica.

O Benfica oferece ainda um desconto para todos os sócios do sexo feminino, para os que têm abaixo de 23 anos ou idade superior a 65 anos.

“Desde o alívio das restrições provocadas pela pandemia, o clube tem procurado retomar o processo de renovação e aquisição dos lugares de época o mais rapidamente possível. Um desígnio retardado devido às contingências decorrentes da reserva obrigatória de lugares para os portadores do Cartão de Adepto, uma imposição da APCVD – Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto”, esclareceram os encarnados.

Foi enviado a todos os sócios do clube uma comunicação, via newsletter ou SMS, com a informação relativa ao modo de renovação do lugar, podendo esta ser feita através do site oficial, nas Benfica Official Store e em casas do Benfica com sistema de bilhética.

O Benfica lembra o “máximo respeito pelas questões de segurança” e quer garantir “total equidade para com todos os sócios e adeptos” do clube. Deste modo, pretende “reduzir aquilo que foi inicialmente determinado como área restrita para Cartão de Adepto”, sendo que, para isso aguarda “uma resolução definitiva para breve” por parte das autoridades.

Ler Mais


Comentários
Loading...