António Costa diz que se demite se perder legislativas

O primeiro-ministro pediu o voto de “metade mais um” dos eleitores que forem às urnas em 30 de janeiro, sem recorrer ao termo “maioria absoluta”, e reiterou que se demitirá se perder as eleições legislativas. Entrevistado na CNN Portugal, António Costa foi questionado se a palavra “absoluta” queima e se o objetivo eleitoral é mesmo a maioria absoluta e respondeu sem hesitar, mas voltando a evitar a palavra “absoluta”.

“Não é uma questão de queimar, maioria é maioria. O que é que é maioria? É metade mais um. Pronto, é isso, para mim é muito claro”, respondeu o líder socialista e chefe do executivo à questão colocada pela jornalista Anabela Neves.



Comentários
Loading...