Volkswagen alarga oferta de híbridos plug-in ao Tiguan e ao Arteon

Versões eHybrid dos modelos Arteon e Arteon Shooting Brake, bem como do Tiguan, vão complementar a oferta de veículos eletrificados da Volkswagen. Segundo a marca, as mais recentes gerações destes modelos são uma declaração de design e oferecem umalargada autonomia 100% elétrica das versões e-Hybrid. 

Em comunicado, a Volkswagen anuncia que um dos mais importantes novos sistemas de acionamento do Tiguan é a unidade híbrida plug-in, com uma potência máxima de 245 cv. Graças a uma bateria de iões de lítio com um sistema de energia de 13 kWh, o novo Tiguan eHybrid tem uma autonomia em modo 100% elétrico (E-MODE) até 57 km (WLTP), o que significa zero emissões poluentes. Esta motorização encontra-se disponível nas versões Life (autonomia elétrica em circuito urbano de 57 km) e R-Line (autonomia elétrica em circuito urbano de 55 km). 

No modo híbrido, o motor a gasolina turbo de 150 cv e o motor de acionamento elétrico (115 cv) trabalham em simultâneo. Em conjunto com um dos sistemas de navegação, isto permite que o Tiguan eHybrid ative automaticamente uma estratégia híbrida preditiva, usando GPS e dados de mapa. A estratégia híbrida preditiva ajuda o sistema de acionamento a utilizar da melhor forma a energia elétrica armazenada na bateria de iões de lítio e a minimizar o consumo de combustível. 

O novo Tiguan inclui ainda tecnologias como o assistente à condução “Travel Assist“, opcional, que pode ajudar na direção, travagem e aceleração, a velocidades até 210 km/h. Basta premir um botão, e este assistente garante um conforto de condução, mesmo em situações cansativas ou monótonas. Em particular na autoestrada e em estradas nacionais em bom estado, o “Travel Assist” pode manter o veículo na faixa de rodagem, manter a velocidade e a distância de segurança para o automóvel da frente. Em conjunto com a caixa de velocidades de dupla embraiagem DSG, pode-se conduzir descontraidamente através do trânsito congestionado e em situações de para-arranca. 

Tiguan eHybrid é proposto com preços a partir de 41.730 euros (1.4 TSI DSG Life PHEV) e 42.742 euros (1.4 TSI 245 DSG R-Line PHEV). Preços sem pintura metalizada e sem despesas administrativas. 

  

Arteon eHybrid: zero emissões na cidade e propulsão híbrida plug-in com 218 cv (160 kW) 

Paralelamente à estreia do Arteon Shooting Brake, a Volkswagen passou a oferecer uma extensa atualização do modelo. As duas versões de carroçarias abrangem todos os novos desenvolvimentos, incluindo, pela primeira vez no Arteon, uma propulsão híbrida plug-in de 218 cv. 

O novo Arteon eHybrid é um híbrido plug-in com um motor elétrico e um motor TSI a gasolina. O automóvel arranca em modo elétrico, quase silencioso e com zero emissões. Quando o modo híbrido é ativado, através da função de seleção do perfil de condução, combina o motor de combustão 1.4 com o motor elétrico de 115 cv, para atingir uma potência combinada de 218 cv. A melhor combinação entre os dois motores torna as viagens longas mais eficientes ou utiliza a potência combinada para acelerar dos 0-100 km em 7,8 segundos. 

Um destaque especial vai para a interação entre o sistema de navegação e a gestão dos motores, no modo híbrido. Quando se inicia uma viagem e se insere o destino no sistema de navegação, estando no modo híbrido, o sistema vai otimizar a interação entre o motor de combustão e o motor elétrico, durante toda a viagem. Daí resulta a utilização mais eficiente de ambos os motores, com consumos de combustível otimizados e a extensão da autonomia elétrica ao limite. 

Arteon com tecnologia híbrida plug-in tem uma autonomia até 59 km (de acordo com o método WLTP, e utilizando uma bateria de 10,4 kWh). Além disso, é quase silencioso e produz zero emissões em modo elétrico. O consumo combinado de combustível é de 1,3 l/100 km e o consumo combinado de eletricidade é de 15,5 kWh/100 km. 

Para carregar o Arteon eHybrid, basta ligar o cabo de carregamento à tomada de casa ou a uma wall box, opcional, como o ID. Charger. Usando o ID. Charger (não faz parte do equipamento de série), a marca anuncia que a bateria de lítio vai ficar completamente carregada em aproximadamente 3,5 horas. E quando se está em viagem, existem mais de 100.000 postos de carregamento na Europa, onde se pode pagar com cartão e contactless. 

Arteon eHybrid é proposto com preços a partir de 50.788 euros (1.4 TSI Plug-in Hybrid Elegance) e 51 843 euros (Shooting Brake 1.4 TSI Plug-in Hybrid Elegance), enquanto as versões mais equipadas apresentam valores de 51.865 euros (1.4TSI Plug-in Hybrid R-Line) e de 52.923 euros (Shooting Brake 1.4TSI Plug-in Hybrid R-Line). Preços sem pintura metalizada e sem despesas administrativas. 

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...