Lisboa recebe Mercedes-Benz Oceanic Lounge

Um espaço para debate, geração de ideias e vivência de experiências ligadas à proteção e preservação dos oceanos, da sua fauna e flora e à formação da comunidade em geral para um desenvolvimento mais sustentável. É esse o foco do novo Oceanic Lounge da Mercedes-Benz que foi apresentado, ao início da tarde, em Lisboa. Um espaço que tem como objetivo ajudar a criar uma consciência global da importância da mudança dos comportamentos na proteção do oceano e, sobretudo, dos ecossistemas marinhos, salientou Jorge Aguiar, diretor de Marketing e Comunicação da marca, revelando que a partir de amanhã está aberto ao público.

O Mercedes-Benz Oceanic Lounge, nas Docas de Lisboa, irá funcionar com um conjunto de parceiros e entidades, com destaque para o Oceanário de Lisboa, com quem vai promover ações de formação ambiental, saídas para recolhas de lixo em mar aberto, em praias e subaquáticas, observação e estudo de fauna marinha, com especial atenção aos golfinhos do Tejo, aos cetáceos e aves que visitam a foz do rio. «Somos a única capital europeia com golfinhos», salientou Jorge Aguiar.

O espaço Mercedes-Benz Oceanic Lounge tem ainda como objetivo dar a conhecer meios de proteção dos golfinhos que visitam o Tejo e formas de conviver com estes animais.

O espaço vai contar com uma equipa de três biólogos e um zoólogo de maneira a colaborarem no alavancar de projetos científicos e didáticos que terão encontrar lugar no lounge. Neste trabalho «contaremos com vários parceiros, sendo o Oceanário de Lisboa um deles», sublinha.

Em terra, o Mercedes-Benz Oceanic Lounge conta com uma estrutura com um lounge com dois pisos. A marca tem ainda uma equipa de skippers que irão comandar a frota de quatro veleiros e dois semirrígidos para as referidas saídas para o mar, porque, lembrou Bernardo Queiroz, que dá a cara pelo Oceanic Lounge «para preservar, é necessário conhecer». E é também por isso que vão estar disponíveis a Escola de Vela e a Escola de Navegação, dotando os alunos de técnicas e conhecimentos que lhes permitam navegar, conhecer e investigar a costa, sempre com o mote da preservação para as gerações futuras.

Para a construção deste lounge a Mercedes-Benz associou-se também à Skeleton Sea de maneira a que a arte funcione como um instrumento de consciencialização ambiental. Trata-se de um coletivo que recolhe destroços e com eles constrói criaturas marinhas de maneira a alertar para a proteção dos oceanos.

O novo Mercedes-Benz Oceanic Lounge vem juntar-se a um espaço já existente da marca, o Mercedes-EQ Lounge, na Nazaré, inaugurado em 2021.

 

Ler Mais


Comentários
Loading...