Ferrari, Bugatti, Porsche: clássicos em leilões continuam a bater recordes

Os leilões de clássicos e de colecionador continuam a bater recordes, como ficou bem evidenciado no último leilão organizado pela Bonhams, no qual foram comprados carros no valor superior 19 milhões de euros.

Investir em carros de colecionador está cada vez na moda, pois é um bem que não é facilmente valorizado e que tem a vantagem de, além de ser um bom investimento, permite que enquanto não for vendido possa ser desfrutado sem perder valor, como se de uma verdadeira joia se tratasse.

Sem dúvida que a mais notável aquisição foi um La Ferrari de 2014 pelo qual foram pagos 2,55 milhões de euros, mas também um Bugatti EB110 GT do ano de 1996 por 1,81 milhões ou um espetacular Porsche 904 GTS que pertencia a Robert Redford. Este, foi vendido por 1,34 milhões de euros.

Outro dos clássicos presentes no leilão da Bonhams foi um Bugatti EB110, modelo com o qual a lendária marca francesa regressou após mais de cinquenta anos ausente. O EB100 foi o primeiro modelo após a entrada de Romano Artioli, que lançou um ambicioso projeto no início dos anos noventa para reerguer a marca.

Para fechar a lista de carros importantes presentes neste evento, destaque para um espetacular Hispano Suiza, um Torpedo H6B de 1921, que foi premiado por um preço de 402 mil euros, reforçando a ideia de que os carros de marca espanhola são cada vez mais procurados pelos grandes colecionadores do mundo automobilístico.




Comentários
Loading...