Já está a tratar dos presentes de Natal? Crise global de abastecimento faz emergir novo problema

Todos os anos, as lojas e as marcas repetem o mesmo conselho: se querem que os presentes cheguem a tempo do Natal, os clientes devem acautelar-se e fazer as encomendas pretendidas com alguma antecedência, sob pena de só receberem os produtos já depois de dia 25 de Dezembro. No entanto, qual é o nível de antecedência ideal?

Um artigo publicado no jornal Independent sugere que talvez tenhamos chegado a um novo máximo. Embora possa parecer, começar as compras de Natal já em setembro não é a solução para a crise global das cadeias de abastecimento e do transporte de mercadorias e poderá, até, representar um problema adicional.

A indústria dos brinquedos foi a primeira a deixar o alerta e a indicar que algumas referências deverão mesmo falhar as prateleiras, independentemente da altura em que os clientes façam os seus pedidos. Noutros casos, os brinquedos poderão estar disponíveis, mas a um preço superior ao habitual.

Mais recentemente, soaram de novo os alarmes: poderá não haver árvores de Natal suficientes para todas as casas. De todos os lados, chega a mensagem de que o melhor a fazer é embarcar desde já numa onda de consumo desenfreado, alimentada por medo de que não seja possível comprar seja o que for em dezembro.

No fundo, a época de compras que começou por ter início por volta de 15 de dezembro e que, entretanto, já tinha recuado até à Black Friday, no final de novembro, está a dar um passo ainda mais atrás. Setembro parece ser, agora, o mês em que as lojas começam a beneficiar do espírito natalício e das carteiras mais disponíveis dos consumidores.

O poder de ver o outro lado da crise e de transformar o problema numa oportunidade de reduzir o consumo, em vez de aumentar, estará nas mãos das próprias pessoas. «Parece-me que esta crise do transporte de mercadorias poderá fazer-nos um favor enorme em termos financeiros, emocionais e talvez até ambientais. Se conseguirmos ignorar todo o barulho», sublinha a jornalista do Independent.

Ler Mais


Comentários
Loading...