“José Sócrates enganou-se na direção: é o PS que pode queixar-se de desilusão e de traição”, defende Santos Silva

Foi ministro de José Sócrates, houve desenvolvimentos quanto à Operação Marquês com a leitura da decisão instrutória. Daquilo que foram as palavras por ele dirigidas ao PS, percebe as acusações que fez?

Não, do ponto de vista político, acho que o engenheiro José Sócrates se enganou na direção. Há de facto quem possa falar de desilusão, até de traição, mas acho que a direção é no sentido contrário ao que ele disse, é o PS que se pode queixar.

Do ponto de vista penal, aguardo tranquilamente que o processo termine. Há versões tão diferentes que acho que o país inteiro precisa de um julgamento no qual publicamente as partes, tanto a acusação como a defesa, possam apresentar os seus argumentos e uma instância independente chamada tribunal possa concluir o que se passou, quais são os factos e quais são as responsabilidades.



Comentários
Loading...