Proteção Vital do Condutor: Porque há acidentes que mudam a vida para sempre

Por conhecer bem as repercussões graves que os acidentes têm na vida de tantos condutores, a Fidelidade disponibiliza a cobertura Proteção Vital do Condutor, uma cobertura pioneira em Portugal, que garante uma proteção abrangente ao condutor, no caso de este ser o responsável pelo acidente.

Inserida no Seguros Automóvel, a cobertura opcional Proteção Vital do Condutor permite aos condutores contarem com uma proteção até 500 mil euros, exista ou não um terceiro responsável pelo acidente, e acelerar a resposta quando é mais necessário, ou seja, em caso de acidente grave.

A Proteção Vital do Condutor representa uma melhoria significativa relativamente às tradicionais coberturas de Acidentes Pessoais que protegem o condutor do veículo.

Recorde-se que a proteção do condutor não é obrigatória por lei, o que faz com que a grande maioria dos condutores esteja desprotegido. Mesmo nos casos em que existe um seguro facultativo, tradicionalmente este apresenta capitais e coberturas muito limitativos, insuficientes ou mesmo inexistentes, como acontece com as perdas de rendimentos futuros ou a simples necessidade de obras de adaptação da habitação, por exemplo, para fazer face às responsabilidades e às necessidades de reabilitação dos acidentados.

Com a cobertura Proteção Vital do Condutor, que disponibiliza um capital seguro até 500 mil euros e limites de indemnização até 100 mil euros para despesas de tratamento, o condutor passa a beneficiar de níveis de proteção e serviço muito próximos aos dos restantes ocupantes do veículo. Em caso de um acidente com consequências graves, é-lhe disponibilizado todo o apoio necessário, desde o primeiro momento, estando ou não definidas as responsabilidades pelo acidente. Desde a articulação com hospitais e a avaliação do melhor tratamento possível para a recuperação, até ao apoio na reabilitação e na reinserção social, o condutor é seguido por uma equipa especializada e dedicada.

Para além disso, em caso de morte ou incapacidade permanente absoluta, a Proteção Vital do Condutor prevê o pagamento de indemnizações por danos patrimoniais futuros, ajustados à idade, rendimento e agregado familiar, garantindo ao condutor e à família, a estabilidade financeira necessária para o futuro.

Com a cobertura Proteção Vital do Condutor, os condutores portugueses passam a estar protegidos em caso de acidente grave. Para que a vida não pare.

 

por Sérgio Carvalho, diretor de Marketing e Clientes Fidelidade

Ler Mais


Comentários
Loading...