Valor do pescado transacionado em Portugal Continental subiu 22,7%

O valor do pescado transacionado nas lotas e postos de Portugal Continental, sob gestão da Docapesca, aumentou 22,7%, para 181,9 milhões de euros, nos primeiros nove meses deste ano em termos homólogos, anunciou hoje o Ministério do Mar.

Em comunicado, a secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, informa que a quantidade de pescado transacionado também aumentou – 19,7% – no período em análise, passando de 68,6 mil toneladas em 2020 para 82,2 mil toneladas em 2021, assim como o preço médio, que subiu 2,5%, para 2,21 euros/kg (quilograma).

“Comparativamente ao período homólogo de 2019, ou seja, em período anterior à pandemia de covid-19, verifica-se, igualmente, um aumento do valor de pescado transacionado, de 8,4%”, avança a tutela, acrescentando que o preço médio do pescado registou também um crescimento, de 10,9%.

A Docapesca – Portos e Lotas, S.A. é uma empresa do Setor Empresarial do Estado tutelada pelo Ministério do Mar que tem a seu cargo, no continente, o serviço da primeira venda de pescado e o apoio ao setor da pesca e respetivos portos, dispondo de 24 lotas e 36 postos.



Comentários
Loading...