Valor de mercado da Tesla sobe 50 mil milhões de dólares após recorde de entregas

Depois de ter anunciado um número recorde de 184.800 entregas no primeiro trimestre de 2021, a Tesla vê incrementado o seu valor de mercado em 50 mil milhões de dólares, de acordo com as informações veiculadas pela agência Reuters. No seguimento do anúncio das entregas no fim de semana, as ações da empresa de Elon Musk subiram 8% e quase atingiram o seu valor mensal mais elevado. 

Na passada sexta-feira, a Tesla afirmou que foi encorajada pela forte receção do novo crossoveModel Y na China e acrescentou que está rapidamente a progredir para a sua capacidade máxima de produção. 

Apesar das falhas de fornecimento de semicondutores que estão a afetar todo o mercado automóvel, os analistas estão confiantes porque a marca americana de veículos elétricos conseguiu produzir aproximadamente o mesmo número de unidades no primeiro trimestre comparativamente ao quarto trimestre de 2020. 

Segundo a Reuters, pelo menos três corretoras aumentaram os seus preços indicativos nas ações da Tesla. A Wedbush foi a mais agressiva, ao subi-los de 50 para 1000 dólares, um valor muito mais elevado do que o preço indicativo de 712,5 dólares da Refinitiv. 

Craig Irwin, analista da Roth Capital Partners, disse à Reuters que “a Tesla está a executar de forma impecável. Não estou surpreendido com estes números de entregas”. E acrescentou que “os EV são um mercado entusiasmante e a Tesla é a líder”. 

Telsa entregou 184.800 veículos em todo o mundo durante o primeiro trimestre do ano, um valor acima das estimativas da Refinitiv, que eram de 177.822 unidades. 

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...