Vacinação de jovens: “Aconselho toda a população a aproveitar esta janela. O vírus não nos dá férias”, diz Gouveia e Melo

O coordenador da task force para a vacinação apela aos pais que aproveitem a janela de oportunidade, que hoje termina às 23h59, para agendar vacina para os jovens de 16 e 17 anos.

Sobre a inconveniência da data (14 e 15 de agosto), o vice-almirante lamentou que o processo tenha de ser feito em período de férias, mas explica que em tempo de pandemia tem de haver cedências. “É inconveniente para a toda a população, eu compreendo perfeitamente isto, mas gostaria de lembrar uma coisa: o vírus não nos dá férias e o vírus continua muito ativo.” “Estamos em combate. Em combate não há ‘ah agora não me dá jeito, quero ir de férias um bocadinho para descansar’. Não, o inimigo não nos dá tréguas”.

Gouveia e Melo esclareceu mais uma vez que a vacinação não pode ser realizada fora dos locais de residência e não avançou quando poderá haver uma nova janela de agendamentos para esta faixa etária, se os jovens falharem o fim de semana de 14 e 15 de agosto, já que têm “outros jovens logo a seguir para vacinar.”

“Por isso, aconselho toda a população a aproveitar esta janela de oportunidade o máximo possível”, disse aos jornalistas num centro de vacinação em Évora. Não vacinar é “deixar água na piscina para o vírus nadar livremente.”

Para os jovens que não se inscreverem no autoagendamento, Gouveia e Melo diz: “Vamos ‘buscá-los’. Vamos contactá-los e encontrar formas de disponibilizar a esses jovens o processo de vacinação.”

O coordenador disse que nas próximas três a quatro semanas vai haver uma nova aceleração do processo de vacinação. “Esta semana tivemos poucas primeiras doses, porque estamos a dar muitas segundas doses das semanas anteriores, mas para a semana vamos acelerar o processo de primeiras doses”, esclareceu.

Ler Mais


Comentários
Loading...