UE: Morreram 122 pessoas em acidentes aéreos em território europeu no ano passado

Em 2020, 122 pessoas perderam a vida em acidentes de aviação dentro da União Europeia, segundo dados revelados hoje pelo Eurostat.

O número de óbitos resultantes de desastres na aviação dentro do bloco regista, no entanto, uma quebra de 31% em relação a 2019, em que foram registadas 176 mortes.

Como nos últimos quatro anos, a maioria das fatalidades em acidentes aéreos em 2020 (91%, ou seja, 111 mortes) envolveu aparelhos de menor peso na categoria ‘aviação geral’. Esta subcategoria inclui pequenos aviões, ‘ultraleves’ e até balões de ar quente.

A maioria das mortes (73%) nesta categoria foi registada na França (37 mortes), Alemanha (29 mortes), Itália (9 mortes) e Polónia (6 mortes).

A segunda categoria com mais mortes – cinco no total – refere-se a vítimas em contexto profissional do setor da aviação, incluindo a operação de aeronaves para serviços especializados, como agricultura, construção, fotografia, topografia, busca e salvamento, bem como publicidade aérea.

A aviação comercial e a ‘aviação geral’ envolvendo grandes aviões registraram três mortes cada.

Ler Mais


Comentários
Loading...