“Eduardo Cabrita devia ser decapitado”. Publicação de Ventura levou Twitter a suspender a sua conta

O Twitter suspendeu hoje a conta de André Ventura. Em causa está uma frase polémica escrita pelo líder do Chega na rede social: “Se é assim que vive a III República, eu também acho que Eduardo Cabrita devia ser decapitado!”.

Ventura já confirmou ao ‘Expresso’ que realmente a sua conta foi “temporariamente suspensa” e não demorou a atacar a rede social: “é de lamentar não ser usado o mesmo critério para as publicações” que o “ameaçam e ofendem”.

“É o que se pode chamar de verdadeira censura do século XXI que só funciona para um lado, o lado do Chega e do deputado André Ventura”, acrescentou em declarações ao jornal.

O Twitter fundamentou a sua decisão afirmando que o líder do Chega “violou as regras contra o abuso e o assédio” e determinou que esta “pena digital” será válida por 12 horas.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, suspendeu esta quinta-feira a execução da pena aplicada ao agente da PSP Manuel Morais, por ter chamado, no seu Facebook pessoal, “aberração” ao líder do partido Chega, André Ventura.

A decisão terá suscitado o comentário na rede social.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...