Taiwan: Militares iniciam exercícios com uso de fogo real a simular ataque da China

As forças armadas de Taiwan iniciaram hoje um exercício de artilharia com uso de fogo real a simular a defesa da ilha contra um ataque da China.

Após o exercício militar de hoje, está previsto um outro para quinta-feira.

A China lançou na semana passada as suas maiores manobras militares em torno de Taiwan, em resposta a uma visita da líder da Câmara dos Representantes do Congresso dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a mais importante figura política norte-americana a visitar a ilha em 25 anos.

A China considera Taiwan, com uma população de cerca de 23 milhões de habitantes, como uma das suas províncias, que deve ser reunificada ao resto do território desde o fim da guerra civil chinesa de 1949, quando os nacionalistas perderam o conflito para os comunistas e refugiaram-se na ilha.

O exército de Taiwan disse na segunda-feira que os exercícios já estavam programados e não constituíam uma resposta aos exercícios chineses em curso.

A ilha realiza regularmente exercícios militares a simular uma invasão chinesa e no mês passado efetuou manobras do mar, num cenário em que procurava repelir ataques numa “operação de interceção conjunta”, como parte dos seus grandes exercícios anuais.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.