Suíça leva a referendo proposta de proibição de pesticidas artificiais

A Suíça vai realizar um referendo, no próximo dia 13 de junho, que poderá levar à proibição de pesticidas artificiais no país, segundo a Reuters.

A medida, que os apoiantes da iniciativa esperam que desencadeie proibições semelhantes noutros locais, foi adotada globalmente apenas no Butão, que avançou com uma proibição total de pesticidas sintéticos, de acordo com defensores que pretendem proibir o uso de produtos feitos por gigantes agroquímicos como Syngenta da Suíça e Bayer da Alemanha e BASF.

A utilização destes produtos artificiais causam sérios problemas de saúde e reduzem a biodiversidade, segundo os defensores da medida, que são contrariados pelos fabricantes que afirmam que os seus pesticidas são rigorosamente testados e regulamentados.

No mesmo dia, será votada uma outra iniciativa que visa melhorar a qualidade da água potável e dos alimentos na Suíça, pondo fim aos subsídios diretos aos agricultores que utilizam pesticidas artificiais e antibióticos no gado.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...