PSD: Conselho Nacional reúne-se hoje com marcação de diretas e Congresso na agenda

O Conselho Nacional do PSD reúne-se hoje, em Lisboa, para analisar os resultados das eleições autárquicas, marcar as eleições diretas e o Congresso do partido.

A direção do PSD propôs já ontem que as eleições diretas para escolher o presidente do partido se realizem a 4 de dezembro, com eventual segunda volta uma semana depois, no dia 11, e o Congresso entre 14 e 16 de janeiro, segundo a convocatória enviada pela Comissão Permanente aos conselheiros nacionais.

Estas datas propostas serão hoje votadas. De acordo com a ordem de trabalhos do partido, o conselho vai arrancar com uma análise da situação política, seguindo-se a convocação das eleições diretas para Presidente da Comissão Política Nacional, e aprovação do respetivo Regulamento. Por último, o partido vai também convocar o Congresso Nacional.

Entretanto, Paulo Rangel, que ontem esteve na apresentação do livro do autarca Miguel Pinto Luz, não quis falar sobre uma eventual candidatura à liderança do PSD, mas confirmou que estará presente no Conselho Nacional do partido.

Em entrevista à TVI, logo no dia seguinte às autárquicas, o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, afirmou que Pinto Luz não disputará desta vez a presidência do PSD e confirmou existirem “pontes” entre este e Paulo Rangel, que tem deixado a porta aberta a uma nova candidatura à liderança social-democrata.



Comentários
Loading...