Prepare-se para bater com o “nariz da porta”: Lojas do Cidadão abrem ao público segunda-feira, mas os agendamentos estão cheios até setembro

António Costa anunciou que na próxima segunda-feira voltam a abrir as portas do atendimento espontâneo nas Conservatórias, Notários e Lojas do Cidadão. A notícia foi, no entanto, recebida com perplexidade pela Plataforma Sindical –  que reúne a Associação Sindical dos Conservadores de Registo, Sindicato dos Trabalhadores dos Registos e do Notariado e Sindicato Nacional dos Registo, tendo em conta que com todo o atendimento disponível está “esgotado até finais de setembro”.

Acresce a isto o facto de “não existir qualquer hipóteses de disponibilizar mais postos de atendimento , atendendo às disposições legais atualmente em vigor, que mantêm a obrigatoriedade de serem cumpridas as recomendações da DGS, nomeadamente as referentes à lotação dos espaços, sendo apenas permitido 1 cidadão por cada 20m2 de área reservada ao público, tendo todos os Serviços, desde sempre, utilizado ao máximo essa possibilidade”.

No comunicado enviado à MultiNews, a organização considera a medida “populista e sem qualquer planeamento e que só irá intensificar ainda mais o caos registado nos serviços”.

A união de sindicatos lembra ainda que a falta de pessoal, que desde há algum tempo se faz sentir no setor, vai agora ter ainda mais peso e pede ação da parte do Executivo.

 





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...