Preço da eletricidade dispara para novo máximo esta quarta-feira

O preço médio da eletricidade no mercado grossista ibérico regista amanhã o valor mais elevado de sempre, situando-se nos 172,78 euros por megawatt hora (MWh).

O valor de hoje situou-se nos 154,16 euros por megawatt hora (MWh), o que significa que o preço desta quarta-feira vai registar um aumento de 18,62 euros, de acordo com dados da OMIE, operador de mercado elétrico para a gestão do mercado diário e intradiário de eletricidade na Península Ibérica.

Os sucessivos aumentos devem-se ao elevado preço do gás e dos direitos de emissão de CO2. Soma-se a isso a menor contribuição das energias renováveis na matriz energética e as altas temperaturas, que em algumas zonas da Península Ibérica ultrapassaram os 40 graus.

Durante o mês de agosto, o preço atingiu o recorde de 106 euros/MGh, o mais caro de sempre, já depois de julho ter batido o recorde com 92,4 euros.

Espanha avança com medidas para reduzir tarifas de eletricidade

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou que o Governo vai aprovar esta terça-feira um conjunto de medidas para reduzir as tarifas de eletricidade para os consumidores, incluindo baixar os impostos, escreve hoje a agência Lusa.

Em entrevista à televisão pública TVE, Sánchez adiantou que o Conselho de Ministros vai aprovar a redução do imposto especial sobre a electricidade, de 5,1% para 0,5%.
Ainda a nível fiscal, o executivo do PSOE prolongará até ao final do ano a suspensão do imposto de 7% sobre a comercialização da produção de electricidade, bem como a redução do IVA de 21% para 10%.

Em concreto, estas duas últimas medidas representam, segundo Sánchez, “um esforço de perda de receitas muito importante para o Estado”, que este ano ascendeu a 1.400 milhões de euros.

Ler Mais


Comentários
Loading...