Pode uma hashtag deixar aviões em terra? Pessoas anti-vacinas culpam #FreedomFlu por caos nos EUA

Recentemente, mais de dois mil voos da Southwest Airlines foram cancelados e há quem encontre uma ligação entre o caos aéreo provocado por esta situação e a vacina contra a Covid-19. Segundo o Independent, são muitas as pessoas anti-vacinação a garantir que os aviões em terra são culpa dos novos requisitos impostos pela companhia aérea aos seus funcionários: no âmbito de uma lei aprovada pela administração de Joe Biden, todas as empresas com mais de 100 trabalhadores devem tornar a vacinação obrigatória.

Em publicações partilhadas no Twitter, estes “anti-vaxxers” garantem que os funcionários da Southwest Airlines estão a reagir à obrigatoriedade de vacinação, criando uma espécie de protesto. Ainda que não tenha sido confirmado oficialmente, este protesto tomou a forma de hashtag: #FreedomFlu, que representará a liberdade do exercício de escolha de ser ou não vacinado com o fármaco que ajuda a proteger do novo coronavírus.

De acordo com a mesma publicação, a hashtag é inspirada na designação dada às greves levadas a cabo por forças de segurança quando muitos polícias, por exemplo, recorrem a baixa médica para protestar – “Blue Flu”.

O que as pessoas anti-vacinas sugerem no Twitter é que muitos pilotos e outros funcionários da Southwest Airlines estarão a fazer o mesmo para contestar as novas regras da companhia aérea.

Porém, a teoria não tem validação oficial: tanto o sindicato dos pilotos como a própria Southwest Airlines já garantiram que o cancelamento dos voos não está relacionado com a obrigatoriedade de vacinação, mas, sim, com o mau tempo e com problemas associados ao controlo de tráfego aéreo.

Ler Mais


Comentários
Loading...