Peugeot liderou o mercado automóvel português no primeiro trimestre do ano

A Peugeot liderou o mercado automóvel português no primeiro trimestre do ano, ao comercializar 5.843 viaturas de passageiros e comerciais ligeiros (VP+VCL). Este resultado permitiu à marca francesa elevar a sua quota de mercado para 15,3%, contra os 12,3% registados no período homólogo do ano passado. O mercado automóvel caiu 26,6% em termos homólogos – num período já afetado pela pandemia em 2020 -, tendo a Peugeot limitado a sua baixa de vendas a -8,8%. 

A liderança da marca no primeiro trimestre do ano alargou-se igualmente ao mercado de passageiros (VP) e ao de comerciais ligeiros (VCL), considerados de forma isolada. 

Relativamente ao mercado VP, a Peugeot matriculou nestes primeiros três meses 4.594 viaturas novas, volume que lhe assegurou uma fatia de 14,8% do mercado e um aumento face aos 10,8% conseguidos em igual período do ano passado. 

De igual modo, a PEUGEOT também liderou as vendas em Portugal no mercado de VCL, com 1.249 unidades matriculadas, que correspondem a uma quota de 17,7%. 

No conjunto do mercado VP + VCL, a marca comercializou 2.186 unidades em março, representando uma quota de mercado de 14%, contra 9,7% no mesmo mês de 2020. Entre os veículos de passageiros, a Peugeot comercializou 1.659 viaturas e contou com uma quota de 13,1% (foi de 8,1% há um ano). Já no mercado de comerciais ligeiros, vendeu 527 unidades, para uma quota de 18%. 





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...