Pandemia: Portugal é o país europeu onde as medidas restritivas têm mais impacto na vida social e económica

Portugal encontra-se em 29.º lugar da tabela de 53 países da Bloomberg dos melhores países para se estar enquanto existe pandemia. Esta tabela cruza 12 indicadores, como taxa de vacinação, impacto de medidas restritivas na vida das populações ou abertura a destinos turísticos.

Portugal está agora com uma pontuação de 62,2 de classificação geral, com vários países europeus a demonstrarem uma maior resiliência à pandemia, como Suíça (72.9), França (72.8) ou Espanha (72).

Portugal está apenas a cinco posições de passar para o grupo dos piores, estando na cauda da lista de países com melhor pontuação. No topo estão os Estados Unidos (76), que aparecem seguidos da Nova Zelândia (73.7).

No que diz respeito à severidade das medidas de contenção e ao impacto que as medidas em vigor estão a ter nas atividades económicas e na vida social das populações, Portugal cai para um dos piores lugares, sendo o 14.º pior do mundo e o pior da Europa, com uma pontuação de 70.

Neste indicador, a Nova Zelândia (22), Israel (22) e Egipto (33) lideram como os países em que os habitantes estão a viver uma vida mais normal e parecida com aquela que se vivia antes da pandemia. Dentro da Europa, é a Grécia que lidera este indicador, com uma pontuação de 45, mas ainda afastada dos lugares cimeiros.

Um dado positivo é a taxa de vacinação em Portugal, que se mantém entre as melhores do mundo, com a percentagem de 38.2% a ser considerada para este ranking. Em primeiro lugar surgem os Emirados Árabes Unidos com 70% da população vacinada, seguidos de Israel (59.1%) e Chile (58.1%).

Ler Mais


Comentários
Loading...