Operação Lex: João Vieira Pinto chega a acordo para não cumprir pena

O antigo jogador de futebol João Vieira Pinto chegou hoje a acordo para não cumprir pena de prisão no âmbito da Operação Lex.

Em causa estavam 128 mil euros de pagamento em falta num caso de fraude fiscal, no qual foi condenado em 2012.

À saída do tribunal, o antigo jogador disse aos jornalistas que tem a “consciência tranquila. “Nunca desrespeitei nenhuma ordem do tribunal. Posso achar injusto, mas nunca desrespeitei e hoje ficou claramente provado isso mesmo. Até nem tinha sido notificado do valor que estava aqui em causa”, afirmou.

Por sua vez, o advogado de João Pinto, defendeu um “esforço para encerrar este processo que está aberto há 20 anos na vida dele [João Pinto]”, disse Tiago Bastos. Mas ressalvou: “Batalharemos com todas as forças, no âmbito do Caso Lex, para que seja reposta a verdade e seja feita justiça ao João.”

“Sabemos todos uma coisa e esse facto não é possível ser contestado: o processo do João, pelo qual está aqui a responder, foi viciado, não foi distribuído na Relação como devia ter sido”, acusa o advogado. “Como é que isso ainda não tem repercussão?”, questiona. “Não é aceitável num Estado de Direito o que aconteceu.”

 

Ler Mais


Comentários
Loading...