Monkeypox: Casos disparam 77% em todo o mundo e há duas novas mortes a registar, adianta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) reportou duas novas mortes devido à monkeypox, desde a sua última comunicação a 27 de junho. A doença já se disseminou para novas áreas.

Na última semana e meia, o número de casos de infeção por monkeypox disparou 77%, elevando o total para 6.027 em todo o mundo, sendo que a grande maioria dos casos se regista na Europa. Contudo, as três mortes registadas até agora foram verificadas em África.

A OMS aponta que “o surto continua a afetar principalmente homens que têm sexo com homens, que tenham reportado ter tido relações sexuais com um ou mais parceiros masculinos”, o que sugere que a transmissão se mantém grandemente restrita a esse grupo.

A organização vai voltar a reunir o Comité de Emergência na semana de 18 de julho, ou mesmo antes, para avaliar o surto de monkeypox, tendo o Diretor-Geral já reconhecido que está “muito preocupado com a escala e propagação do vírus”. Nesse encontro, será decidido se o surto de monkeypox será classificado como uma emergência global de saúde pública.

Tedros Adhanom Ghebreyesus havia já reconhecido que “a Europa é o atual epicentro do surto, registando mais de 80% dos casos a nível global” e admitido que a testagem do vírus “continua a ser um desafio”.



Comentários
Loading...