Lotus poderá ser totalmente elétrico em 2028

A Lotus Cars, fabricante britânico de automóveis desportivos, anunciou que perspetiva, até 2028, passar a vender apenas carros elétricos, de acordo com a Reuters.

O grupo vai investir 2,8 mil milhões de euros em avanços tecnológicos para a expansão do modelo de negócio.

A empresa chinesa Geely e a malaia Etika Automotive garantem a maior parte do investimento para que a Lotus Cars aumente a produção atual que é, em média, de 1.500 carros por ano para dezenas de milhares em todo o mundo.

O referido plano de investimento prevê ainda a construção de uma nova fábrica em Wuhan, na China.

A Lotus deverá lançar o seu último automóvel desportivo com motor de combustão, o modelo Emira, em julho deste ano.

Matt Windle, CEO da Lotus, garantiu que, “antes do final da década”, a gama automóvel será somente elétrica.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...