Líder das Forças Armadas da Ucrânia alerta para risco de Rússia usar armas nucleares e para a possibilidade de uma III Guerra Mundial

O chefe das Forças Armadas ucranianas, o general Valeriy Zaluzhnyi, alerta que existe o risco de a Rússia poder vir a usar armas nucleares contra a Ucrânia, que poderá escalar para um conflito nuclear “limitado” com outros países.

“Há uma ameaça direta do uso, sob determinadas circunstâncias, de armas nucleares táticas por parte das Forças Armadas russas”, alerta o responsável militar ucraniano num artigo de opinião publicado esta quarta-feira na ‘Ukrinform’.

“É também impossível afastar completamente a possibilidade do envolvimento direto dos principais países do mundo num conflito nuclear ‘limitado’, no âmbito do qual a perspetiva de uma Terceira Guerra Mundial é diretamente visível”, avisa.

O governo russo já negou quaisquer planos para usar armas nucleares e armas químicas no teatro de guerra ucraniano, mas Kiev, e também alguns observadores e líderes políticos, mantém-se céticos quanto às garantias oferecidas por Moscovo, numa altura em que o grau de desconfiança entre os dois lados da barricada é o mais baixo das últimas décadas.

Zaluzhnyi acredita que a guerra prolongar-se-á por 2023 e que nesse ano, para que a Ucrânia possa alcançar conquistas significativas e recuperar territórios às forças russas, as Forças Armadas ucranianas deverão executar “uma série de contra-ataques consecutivos, e idealmente simultâneos”.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.