Família de polaco que desapareceu na Madeira apela a quem tenha drones para ajudar

Michal Kozek, um polaco de 35 anos, que estava de férias com a família na Madeira, desapareceu durante um trail há uma semana. As buscas pelas autoridades já foram suspensas, mas a família e amigos de Michal não desistem de o localizar a apelam à população para se juntarem às buscas, principalmente se tiverem drones.

O irmão de Michal Kozek deu início a um novo percurso a pé, às 10h30 desta terça-feira, com partida no Porto Moniz, avançou o JM Madeira, e a família está mesmo disposta a pagar a quem tiver drones para se juntar às buscas. Também nas redes sociais se multiplicam os apelos por ajuda.

“Bom Dia! Sou amigo do Michal Kozek, que se perdeu na Madeira há poucos dias. Marquei no mapa o ponto em que Michal (a opção mais provável) iniciou a sua rota na quarta-feira”, escreve um amigo no Facebook. “Alguém pode verificar, por favor? Além disso, alguém tem bons drones para ajudar? Vou enviar o número de telefone do Krzyszof, irmão do Michal, que está lá e precisa da ajuda de pessoas com drones. Por favor enviem-me mensagem privada. Obrigado por qualquer ajuda”, escreve um dos amigos.

As buscas das autoridades envolveram cães, drones, helicóptero e mais de 30 homens por dia, mas foram suspensas sábado.

 

Num site polaco sobre desaparecimento de pessoas, é referido que Michał mora com a família na Suíça, em Gockhausen. “Na quarta-feira, 7 de julho de 2021. o homem saiu do hotel por volta das 18h para correr. Até agora, não voltou, não contatou os seus familiares. Tinha um telefone com ele, as tentativas de rastreá-lo não tiveram sucesso devido ao terreno montanhoso”.

Na aplicação Strava encontra-se ainda o percurso realizado por Michal, que etsá a ser também partilhado nas redes sociais.

Ler Mais




Comentários
Loading...