Ex-conselheiro de Boris Johnson admite que Brexit “pode ter sido um erro”

O ex-conselheiro de Boris Johnson e um dos maiores estrategas da campanha pelo Brexit Dominic Cummings disse, em entrevista à BBC, que pessoalmente considera a saída da União Europeia como “uma coisa boa”, mas admitiu ao mesmo tempo que pode ter sido “um erro”.

Qualquer pessoa que diz ter a certeza de que a decisão de 2016 de sair do bloco de 27 países europeus será boa para o Reino Unido só pode ter “um parafuso a menos”, considerou Cummings.
O homem que levou Johnson ao poder admitiu também que o famoso slogan “Enviamos para a UE 350 milhões de libras por semana”, pintado na lateral do autocarro de campanha do atual primeiro-ministro britânico, é um “cálculo verdadeiro”, com base na contribuição bruta para os orçamentos comunitários exigidos do Reino Unido.

Mas, como escreve o The Independent, Cummings não está a levar em conta o efeito dos abatimentos negociados por Margaret Thatcher ou dos reembolsos à Grã-Bretanha por parte Bruxelas. Na verdade, o Reino Unido nunca enviou à 350 milhões de libras por semana, escreve o jornal.

Como defendem os apoiantes do ‘Remain’ (campanha pela manutenção na união), o valor foi inflacionado intencionalmente com o objetivo de provocar o debate sobre os pagamentos do Reino Unido a Bruxelas, retirando o foco dos benefícios da aliança europeia.

Mas o ex-conselheiro insiste: “A razão pela qual esse número funcionou, deixou toda a gente ‘louca’ e ainda hoje falam nisso é porque estávamos a usar números verdadeiros.”

Sobre o balanço da saída da UE, comentou: “Acho que qualquer pessoa que diga que tem certeza sobre questões como esta está desorientada, seja do lado do ‘ficar’ ou do nosso lado”. “No ‘Vote Leave’ (campanha pela saída da união), não achávamos que estávamos definitivamente certos e que os restantes são todos idiotas ou traidores.”

“Perguntas como se o Brexit é uma boa ideia? Ninguém na Terra sabe a resposta”, admitiu ainda. “Obviamente, eu considero que o Brexit foi uma coisa boa … Acho que a forma como o mundo está desde 2016 corrobora os argumentos que o ‘Vote Leave’ tentou demonstrar de todas as maneiras. Acho que é bom que o Brexit tenha acontecido.”

Ler Mais


Comentários
Loading...