EUA vão doar 4,7 milhões de euros para a melhoria da qualidade do ensino primário em Moçambique

O Governo dos EUA vai disponibilizar 5,8 milhões de dólares (4,7 milhões de euros) para o apoio à melhoria da qualidade do ensino primário nas províncias moçambicanas da Zambézia e Nampula, anunciou a embaixada norte-americana em Maputo.

Em comunicado, a embaixada dos EUA avança que o dinheiro vai financiar a implementação de dois projetos de melhoria da qualidade de edução no ensino primário em 1.500 escolas primárias daquelas duas províncias do centro e norte de Moçambique.

“As atividades incluem o fornecimento aos pais e tutores de ferramentas práticas e técnicas para ajudarem os seus filhos em casa na leitura e matemática e o estabelecimento de centros de leitura comunitários liderados por voluntários da comunidade”, diz-se na nota.

Os dois projetos contemplam ainda a criação de debates na comunidade sobre o género e os direitos das raparigas à educação.

Estima-se que 450 mil alunos venham a ser beneficiados pelas referidas iniciativas, acrescenta-se no comunicado.

O Governo norte-americano assinala que Moçambique fez progressos no aumento do acesso das crianças ao ensino primário, mas a oferta de educação de qualidade continua a ser um desafio, a longo prazo.

Uma avaliação nacional do Ministério da Educação de 2016 revelou que apenas 5% das crianças em Moçambique alcançaram as competências necessárias em leitura e escrita.

O absentismo dos professores, a supervisão deficiente dos administradores das escolas e a falta de materiais educativos são desafios adicionais para melhorar os resultados educacionais em Moçambique, lê-se na nota de imprensa

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...