É oficial: Portugal está na “lista verde” do Reino Unido

A partir do dia 17 de maio, quem viajar de Portugal para o Reino Unido já não precisa de cumprir quarentena. O governo britânico deu hoje a conhecer a primeira versão da “lista verde”, os destinos considerados seguros, com baixa incidência de Covid-19, e Portugal  é um dos primeiros contemplados.

O ministro britânico dos Transportes, Grant Shapps, anunciou esta tarde que há 12 países na “lista verde”, entre os quais Portugal, Gibraltar e Israel. Confira a lista completa abaixo.

França, Espanha e Grécia não foram incluídos, por isso, quem viajar a partir destes países para o Reino Unido terá que cumprir uma quarentena de 10 dias.

Turquia, Maldivas e Nepal passaram a integrar a “lista vermelha”.

A atualização da lista de países será feita a cada três semanas, como confirmou o ministro dos Transportes, Grant Shapps, na conferência de imprensa.

“Fizemos um progresso enorme a combater a pandemia covid-19 no Reino Unido. Não chegámos ao fim, mas os sinais são muito positivos”, sublinhou Shapps.

“Temos de ter a certeza que os países com que restabelecemos ligação são seguros, que as taxas de infeção são baixas, que não estão a incubar variantes perigosas e que têm vigilância em prática”, explicou o ministro.

Paul Lincoln, da força de segurança das fronteiras britânica (Border Force), alertou, no entanto, na sua intervenção, que o país ainda está longe de voltar à normalidade, alertando que “viajar será diferente” e que ainda é preciso “cautela”. Cada passageiro, transportadora, porto marítimo e aeroporto tem um papel a cumprir, sublinhou o responsável.

Os formulários de localização dos passageiros serão agora digitais e o número de polícias disponíveis nos balcões de imigração aumentará, referiu Lincoln.

Segundo o novo sistema de ordem em vigor no Reino Unido, semelhante às cores dos semáforos, os visitantes que chegam dos países da “lista verde” não precisam de cumprir qualquer quarentena ou realizar teste à chegada, ao contrário dos destinos “amarelos”, que devem cumprir uma quarentena de 10 dias, e dos “vermelhos”, nos quais Portugal esteve de janeiro até março, que implica quarentena obrigatória num hotel.

Todos os passageiros terão, no entanto, de realizar um teste PCR antes do embarque, mesmo se já estiverem vacinados.

A vacinação e o alívio das medidas restritivas impostas pelos vários países anteveem uma lista ainda mais ampla no próximo mês, ainda a tempo das férias do verão.

 

Lista “verde”

  • Portugal (incluindo Açores e Madeira)
  • Gibraltar
  • Israel
  • Islândia
  • Austrália
  • Nova Zelândia
  • Singapura
  • Brunei
  • Ilhas Faroé
  • Ilhas Malvinas
  • Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul
  • Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha

 

Lista “amarela”

  • Espanha
  • França
  • Grécia

 

Lista “vermelha” (países adicionados)

  • Turquia
  • Maldivas
  • Nepal

Há atualmente 40 países na lista vermelha.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...