Duarte Lima libertado da prisão da Carregueira. Aguardará julgamento em liberdade

Duarte Lima, ex-deputado do PSD, foi libertado esta quinta-feira do Estabelecimento Prisional da Carregueira, em Sintra, onde cumpria, desde 2019, pena de prisão por burla qualificada no caso BPN.

A informação é avançada pela ‘SIC Notícias’, que indica que, visto que Duarte Lima esteve sujeito a prisão preventiva e domiciliária enquanto corria a investigação do caso ‘Homeland’, a justiça decidiu descontar dois anos e meio na pena final, pelo que, logo quando entrou na Carregueira em abril de 2019, já só tinha a cumprir três anos e meio da sentença, que chegou hoje ao fim.

Agora, o antigo líder da bancada social-democrata no Parlamento aguardará em liberdade condicional o julgamento relativo à morte de Rosalina Ribeiro, sua antiga secretária. As autoridades do Brasil acusam Duarte Lima de, em 2009, ter assassinado a tiro Rosalina Ribeiro, de 74 anos, nesse país, por se ter recusado a assinar um documento no qual declarava que não tinha transferido para o patrão um montante de 5,2 milhões de euros, uma tese que o acusado rejeita.

Onze anos após a morte e sucessivos adiamentos, o julgamento pelo homicídio qualificado de Rosalina Ribeiro deverá arrancar no dia 23 de novembro, também em Sintra.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.