Desconfinamento: Tudo o que muda a partir de hoje

A nova fase de desconfinamento foi antecipada e entrou em vigor já esta sexta-feira em todo o país, à exceção dos quatro concelhos que não avançam – Braga, Lisboa, Odemira e Vale de Cambra.

As novas medidas duram até 27 de junho, altura em que haverá a habitual reavaliação da evolução da pandemia para definir as regras em vigor daí em diante.

Saiba o que pode fazer desde a meia noite desta sexta-feira.

  • O comércio já pode funcionar dentro do horário do respetivo licenciamento;
  • Restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar até à 1:00, mas admitir clientes até à meia noite. Máximo de seis pessoas por mesa nos espaços interiores e de 10 em esplanadas, caso não pertençam ao mesmo agregado familiar;
  • Espetáculos culturais passam a poder decorrer até à meia-noite, considerando 50% da lotação;
  • Transportes públicos podem circular com lotação de dois terços ou, caso só existam lugares sentados, com o número total de passageiros;
  • Casamentos e batizados continuam limitados a 50% da capacidade do espaço, mas agora passa a ser obrigatória a realização prévia de teste à Covid-19;
  • A realização do teste passa também a ser obrigatória em eventos desportivos, culturais, corporativos ou familiares, “sempre que o número de participantes exceda o definido pela DGS para efeitos de testagem de participantes em eventos”, especifica a resolução do Conselho de Ministros;
  • O teletrabalho deixa de ser obrigatório, embora se mantenha como recomendado;
  • Empresas com mais de 150 profissionais no mesmo local de trabalho passam a poder realizar testes de diagnóstico à Covid-19 aos trabalhadores;
  • A prática desportiva passa a poder ter público no caso das modalidades amadoras, com lugares marcados e lotação restrita a 33% do espaço.
  • Bares e discotecas permanecem encerrados e a venda de bebidas alcoólicas em áreas de serviço ou postos de abastecimento de combustíveis continuam proibidas;
  • Em táxis e TVDE a lotação deixa de estar limitada a dois, mas os bancos dianteiros continuam interditos a passageiros;




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...