Covid-19: “Vamos começar a distinguir populações vacinadas de não vacinadas”, diz Graça Freitas

A diretora Geral de Saúde disse hoje, em entrevista ao jornal Público, que 80% dos portugueses já completou a vacinação e que vai começar-se a “distinguir populações vacinadas de não vacinadas”.

Graças Freitas diz que para as populações vacinadas será possível “atenuar cada vez mais medidas de contenção que temos utilizado.”

“Estamos em direção aos 85% [de vacinados]. Quando atingirmos a cobertura dos 85%, há ainda uma percentagem relativamente importante de pessoas que ainda tem de esperar os tais 14 dias para a imunidade e, nessa altura, vamos começar a tirar mais algumas medidas”, referiu.

Uma das medidas de distinção entre pessoas imunizadas e as restantes poderá ser a necessidade de isolamento profilático para quem tem contacto com alguém infetado. “Essa vai ser uma das medidas que vai ser tornada diferente”, explicou.

Outra das medidas poderá ser a “periodicidade de testagem”, que terá recomendações diferentes para quem está vacinado.

Graça Freitas ressalva que todas as medidas estarão sujeitas a vários fatores e aponta o inverno e o eventual aparecimento de uma nova variante “com competência para substituir a Delta” como cenários que podem definir um rumo diferente na estratégia.

Ler Mais


Comentários
Loading...