Covid-19: Reino Unido regista 323 mortos e confirma eficácia das vacinas

O Reino Unido registou 323 mortes e 9.985 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com dados publicados hoje pelo Governo britânico, que divulgou dois estudos positivos sobre a eficácia das vacinas.

Na terça-feira tinham sido notificadas 442 mortes e 9.938 casos, mas a média dos últimos sete dias é de 383 mortes e 10.189 infeções.

No total, morreram no Reino Unido 122.070 pessoas entre 4.154.562 casos de contágio confirmados desde o início da pandemia covid-19.

Entre 19 e 25 de fevereiro houve uma redução de 30,4% de mortes de covid-19 e de 15,7% no número de pessoas com um resultado de teste positivo confirmado em relação aos sete dias anteriores.

A taxa de incidência é agora de 115,3 casos e 4,2 mortes por 100 mil habitantes.

Até agora, 18.691.835 pessoas receberam a primeira dose de uma vacina contra o novo coronavírus, das quais 700.718 receberam uma segunda dose, a qual é administrada com um intervalo de até 12 semanas.

Dois estudos publicados hoje reforçam os sinais de que as vacinas estão a ter impacto, tendo um estudo da universidade Imperial College concluído que 91% dos participantes que receberam as duas doses desenvolveram 91% de anticorpos contra o novo coronavírus.

Um outro estudo da direção geral de Saúde de Inglaterra (Public Health England) mostrou a vacina Pfizer, em particular, conseguiu reduzir as hospitalização e mortes em mais de 75% após a primeira dose.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.498.003 mortos no mundo, resultantes de mais de 112,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.185 pessoas dos 801.746 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...