Covid-19: OMS anuncia estratégia global para atingir 40% de população mundial vacinada até ao final do ano

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou hoje a estratégia mundial de vacinação contra a covid-19, que estipula medidas para atingir os 40% de população vacinada em todos os países até ao final deste ano e 70% até metade do próximo ano.

Para chegar a estas metas, são necessárias 11 mil milhões de doses de vacinas, disse o diretor-geral da OMS, referindo que já foram administradas 6,5 mil milhões. “Há suficiente fornecimento para atingir as nossas metas, desde que sejam distribuídas de forma justa”, disse Tedros Adhanom.

Os contratos já estão a ser implementados para mais cinco mil milhões de doses que faltam mas é “essencial” que estas doses sejam “direcionadas para quem mais precisa”, dando prioridade a trabalhadores e grupos de risco.

“Só poderemos atingir as nossas metas se os países e empresas que controlam o fornecimento da vacina colocarem os contratos da Covax e da ‘African Vaccine Acquisition Trust’ – ou AVAT – em primeiro lugar para entregas e doses doadas”, apelou o diretor-geral da OMS.

Dirigindo-se aos fabricantes de vacinas, Tedros Adhanom pediu que dêem prioridade e cumpram os contratos com a Covax e a AVAT “com urgência”, que sejam mais “transparentes” e que partilhem conhecimento e que retirem a exclusividade das licenças para permitir que todas as regiões aumentem a capacidade de produção.

O diretor-geral da OMS apelou ainda aos países “que atualizem os seus planos e metas nacionais de vacinação para orientar o investimento na produção e na distribuição da vacina.”

“A equidade na vacinação acelerará o fim da pandemia. Alcançar as metas de igualdade de vacinas da OMS aumentará substancialmente a imunidade da população em todo o mundo, protegerá os sistemas de saúde, permitirá que as economias se recuperem totalmente e reduzirá o risco de surgimento de novas variantes”, sublinhou mais uma vez Tedros Adhanom.

Ler Mais


Comentários
Loading...