Covid-19: Jovens de 16 e 17 anos não precisam de autorização dos pais para serem vacinados

Os jovens de 16 e 17 anos, que podem autoagendar-se para serem vacinados no fim-de-semana de 14 e 15 de agosto, não precisam de autorização dos pais ou tutores legais para avançarem com a inoculação.

São os próprios jovens que são informados e prestam consentimento para serem imunizados.
“Conforme previsto no Plano Nacional de Vacinação e na norma 002/2021 da DGS, as pessoas com 16 ou mais anos de idade que se apresentem para ser vacinadas e são devidamente informadas, dão o seu consentimento”, esclareceu à Multinews fonte da task force da vacinação.

O autoagendamento está neste momento limitado a pessoas com 16 e 17 anos.

Qualquer pessoa com mais de 18 anos que tente autoagendar a vacina no portal do SNS depara-se com a mensagem: “Neste momento estão a ser vacinadas as pessoas com 16 ou 17 anos. Aguarde e acompanhe as informações disponibilizadas neste portal”.

Trata-se de uma condicionante imposta pela task force para a vacinação que está agora a dar prioridade máxima ao agendamento das inoculações para as faixas etárias dos 16 e 17 anos, já que as vagas estão concentradas para os dias 14 e 15 de agosto

Esta é uma situação temporária, mas ainda não foi adiantada qualquer data para a retoma dos autoagendamentos para as restantes faixas etárias.

A modalidade de autoagendamento no portal permite agendar a primeira dose da vacina contra a Covid19, podendo o utente escolher o local o dia da inoculação da vacina. “Relembra-se que as segundas doses não são autoagendadas e são sempre no local da primeira dose2, alertou a task force.

Ler Mais


Comentários
Loading...