Covid-19: Está aprovado o 12.º estado de emergência, desta vez até dia 16 de março

O 12.º estado de emergência desde o começo da pandemia, desta vez entre as 00:00 de dia 2 de março e as 23:59 de 16 de março, foi aprovado na Assembleia da República com os votos favoráveis de PS, PSD, PAN, CDS e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues.

Votaram contra PCP, PEV, Iniciativa Liberal, Chega e a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira.

Absteve-se o Bloco de Esquerda.

Antes, no debate dedicado ao relatório sobre o período do estado de emergência correspondente a janeiro, pior fase da pandemia no país, não faltaram acusações de incompetência, de demora e atraso do Governo a agir, sendo lembradas as imagens de filas de ambulâncias à porta de alguns dos principais hospitais pela generalidade da oposição. A defesa do Executivo foi feita pelas vozes dos ministros Eduardo Cabrita e Marta Temido, tendo ambos rebatido as críticas e salientado a melhoria alcançada, mesmo reconhecendo os números negros até ao pico atingido a 24 de janeiro.

O Governo irá divulgar o novo conjunto de medidas de controlo para os próximos 15 dias, na sequência da reunião de hoje do Conselho de Ministros.

Às 20:00, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, dirige uma mensagem ao país, conforme fez depois de ser decretado o anterior estado de emergência, atitude que retomou após a interrupção durante a campanha eleitoral para as presidenciais. No mais recente discurso afastou qualquer hipótese de crise política ou governos de salvação nacional. No anterior, no final de janeiro, a necessidade de rigor fora sublinhada pelo chefe de Estado.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...