Covid-19: Corredores dos hospitais têm mais concentração de vírus do que quartos dos doentes

Um grupo de cientistas espanhóis desenvolveu um método que permite detetar a presença de SARS-CoV-2 no ar dos hospitais.

Como pode ler-se no site do Conselho Superior de Investigação Científica (CSIC), que desenvolveu o método, em conjunto com o Hospital Universitário Son Espases, em Maiorca, o novo método permitiu verificar que o ar dos corredores tem uma concentração de vírus maior do que a registada nos quartos dos doentes com covid-19.

Os cientistas explicam que isto deve-se ao facto de os quartos terem um sistema de ventilação individual, enquanto os corredores possuem normalmente apenas um para uma área equivalente a quatro quartos.

Os resultados do estudo, publicados na revista Environmental Research , podem ser usados para verificar os sistemas de ventilação dos hospitais, melhorar a qualidade do ar e prevenir a infeção dos profissionais de saúde.

O novo método consiste em colocar filtros de ar em corredores, quartos e salas de espera de hospitais para analisar o material genético do vírus de forma sistemática.

“Estes resultados são importantes, pois são tomados muitos cuidados ao entrar nos quartos, mas menos nos corredores”, explica a autora principal do estudo, Joan Grimalt .

Ler Mais


Comentários
Loading...