Covid-19: Agência Europeia do Medicamento manifesta-se hoje sobre vacina dos 5 aos 11 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) tem agendada para hoje uma reunião para debater a segurança e a eficácia da vacina da Pfizer em crianças entre os cinco e os 11 anos.

De acordo com informação no site da EMA, deverá ser emitida uma comunicação sobre o resultado deste encontro.

A Comissão Técnica de Vacinação em Portugal, tal como nos processos de vacinação anteriores, aguarda o parecer do regulador europeu para também começar a discutir o tema internamente.

Porém, como foi sendo adiantado pelos partidos recebidos pelo primeiro-ministro sobre os próximos passos a dar na estratégia de combate à Covid-19, a vacinação das crianças mais novas não está para já em cima da mesa do Governo.

Por outro lado, a presidente da Sociedade Portuguesa de Pediatria defendeu esta semana que a decisão sobre a vacinação contra a covid-19 de crianças dos 5 aos 11 anos deve ser analisada em conjunto com uma revisão das medidas de isolamento impostas nas escolas.

“Só se conseguirmos diminuir os confinamentos prolongados e recorrentes das crianças vale a pena vacinar nesta idade, dado que a doença grave é muito rara nestes grupos etários”, disse Inês Azevedo à agência Lusa.

A responsável insistiu: “É uma decisão de saúde pública, em que os responsáveis terão de ter em conta não só os números atuais [da infeção], como perceber se através da vacinação é possível reduzir as medidas de confinamento que têm sido impostas até ao momento nas escolas e que estão a prejudicar seriamente as crianças”.

Ler Mais


Comentários
Loading...