Coreia do Norte diz que vacina contra a covid-19 não é “nenhuma panaceia universal”

A Coreia do Norte alertou esta terça-feira, através dos meios de comunicação estatais, que o combate ao novo coronavírus será moroso, de acordo com informação veiculada pela Reuters.

A tomada de posição acerca da pandemia foi tornada pública no jornal oficial do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, o Rodong Sinmun, no qual é defendido que a pandemia está apenas a agravar-se, apesar de a vacinação já estar em curso em todo o mundo.

“As novas vacinas contra o coronavírus introduzidas competitivamente por vários países foram consideradas um vislumbre de esperança para a humanidade que poderia pôr fim à luta contra esta doença assustadora”, é mencionado no referido jornal.

“Contudo, as situações vividas em muitos países provam que claramente as vacinas não são uma panaceia universal”, é defendido no mesmo texto, que surge acompanhado de várias notícias sobre o aumento de contágios no exterior.

Recorde-se que as autoridades da Coreia do Norte não reportaram, até ao momento, qualquer caso de infeção pelo SARS-CoV-2.

Contudo, a Coreia do Sul não exclui a existência de surtos no território norte-coreano, dadas as ligações comerciais e interpessoais com a China antes de a fronteira ter sido encerrada no ano passado.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...